ARUJÁ BIRITIBA FERRAZ GUARAREMA ITAQUÁ MOGI POÁ SALESÓPOLIS STA.ISABEL SUZANO TEL:.011  9 9766 5760

 

. . . . Redação:11 - 9 9766 5760 

CIRURGIA PLÁSTICA PELO SUS: SAIBA SE É POSSÍVEL E COMO CONSEGUIR

10/07/2019 12:56:38

Saiba as principais informações sobre cirurgias plásticas disponibilizadas pelo SUS e tire suas principais dúvidas sobre o assunto.

O Sistema Único de Saúde (SUS) brasileiro algumas vezes possui a fama de ser demorado e ineficiente e pode até nos deixar descrentes em utilizá-lo, não é mesmo? Mas você sabia que é possível realizar até mesmo cirurgias plásticas pelo SUS?

É o que iremos conferir neste artigo!
Pronta para saber mais sobre o assunto? Continue sua leitura até o final!


Entendendo o que é

Legalmente, é uma obrigação do governo proporcionar qualidade de vida a pessoas que não tenham condições financeiras de arcar com procedimentos de cirurgia plástica, mas que realmente precisam realizá-las.

Por este motivo, nestes casos, todo o tratamento, consultas, exames e procedimentos são disponibilizados pelo sistema.

Mas não são todas as pessoas que podem usufruir desse direito. Afinal, se todos os milhares de brasileiros que se submetem a cirurgias plásticas todos os anos procurarem o SUS, o sistema colapsa. Ainda mais se levar em consideração que o país é o segundo que mais realiza esse tipo de procedimento em todo o mundo – perdendo apenas para os Estados Unidos.

Quem pode fazer cirurgia plástica pelo SUS?

É plenamente entendível, considerando as informações anteriores, que nem todos estão aptos a fazerem uma cirurgia plástica pelo SUS, certo?

Mas, e quem pode fazer, afinal?

Primeiramente, é importante ressaltar que as cirurgias disponibilizadas não são somente estéticas. Elas visam proporcionar a auto estima, qualidade de vida e bem-estar do paciente, desde que seja imprescindível para o indivíduo prosseguir com sua vida dentro do normal – tanto do ponto de vista fisiológico quanto psicológico.

Existe uma lista de prioridades de procedimentos (não necessariamente nesta ordem) realizados pelo SUS, vamos conferir?
Cirurgia Plástica Reparadora

As cirurgias plásticas reparadoras possuem o objetivo de corrigir tanto deformidades de nascença quanto aquelas adquiridas no decorrer da vida, como as advindas de traumas, alterações de desenvolvimento, acidentes e pós-cirurgias oncológicas.

Inclui também casos de existência de déficit de função total e parcial que necessite de alguma técnica de cirurgia plástica para sua reparação.

O objetivo principal destas cirurgias é de recuperar, aprimorar e reestabelecer funções do indivíduo, promovendo sua recuperação e normalização na sociedade.

Os casos incluem:
• Queimaduras – responsáveis por deformações;
• Lipodistrofia e Lipoatrofia – eventos adversos pelo uso de alguns medicamentos específicos;
• Lábio palatal (crânio e bico maxilo facial), fenda palatina e lábio leporino;
• Deformidades ou deficiências na face.

Cirurgia após alguns procedimentos específicos

Os casos de pós-tratamento de tumores que envolvem câncer de mama também costumam ser comuns. Geralmente os procedimentos incluem ou a reconstrução das mamas pós-mastectomiaou colocação de próteses de silicone.

Além disso, casos em que a mama se apresenta muito grande e comprometem a qualidade de vida e auto estima da paciente (gigantomastia) também podem passar pela cirurgia de redução dos seios.

Algumas pessoas também costumam apresentar sobra de pele no abdômen após realização de cirurgia bariátrica. Nestes casos, pode ser feita uma abdominoplastia que vise revitalizar a qualidade de vida do paciente pós-procedimento.

Cirurgias de redesignação sexual

Algumas cirurgias de mudança de sexo também entram para a lista de procedimentos atendidos pelo SUS, conhecidos como procedimentos de “redesignação sexual”.

Abrangemprincipalmente no que diz respeito a incompatibilidade de gênero, quando não há reconhecimento do próprio corpo do indivíduo com relação à identidade de gênero natural.

Apesar de algumas vezes a situação gerar bastante polêmica, o SUS foi autorizado recentemente, por exemplo, a fazer cirurgia de mudança de sexo em homens trans (que nasceram biologicamente mulher, mas se identificam com o gênero masculino), estando incluso em caráter experimental no sistema.

Algumas outras cirurgias como a otoplastia (orelha de abano), laqueadura, vasectomia e catarata também são exemplos de cirurgias que podem ser realizadas no SUS.

Todos os casos serão analisados por cirurgião plástico especialista que irá verificar a real necessidade de execução do procedimento. Além disso, uma equipe multidisciplinar é responsável por todas as etapas do processo, incluindo um médico, enfermeiros, assistentes sociais e psicólogos, com um acompanhamento completo.


Como conseguir a cirurgia?

Se sua condição se encaixar dentro da lista de prioridades do SUS, você pode ser candidato ao procedimento sem custo algum.

Primeiro você deve consultar um posto de saúde próximo de sua residência para conversar com um médico, que irá analisar delicadamente seu caso.

Se você for considerado apto, deve dirigir-se à Secretaria de Saúde da cidade para se informar sobre os hospitais locais que realizam tal procedimento – geralmente eles costumam ser realizados em hospitais universitários ou hospitais escolas.

Caso a sua cidade não possua a estrutura necessária, você pode ser encaminhado para outra mais próxima que preencha os requisitos.

Todo o processo é acompanhado por um assistente social do SUS que irá analisar se você realmente não possui condições financeiras de custear sua cirurgia, necessitando do auxílio do governo.

Um psicólogo também é integrante do processo, avaliando se o paciente está em condições psicológicas adequadas para realizá-lo.
Mas lembre-se, somente se você estiver apto em todo o processo de seleção poderá realizar a cirurgia!

Tempo de espera

Muitas pessoas questionam sobre o tempo de espera.

Sim, o procedimento como um todo costuma ser bastante demorado!

Você precisa comprovar todos os pré-requisitos para então ser encaminhado para uma fila de espera, que costuma ser bem grande.

Apesar de não ser um benefício muito difundido pela população, alguns procedimentos podem levar até anos para serem realizados.

Mas se você tiver paciência e cumprir todos os requisitos, pode se beneficiar e melhorar sua vida com essa possibilidade.

Outros aspectos importantes

Quando pensamos em cirurgia plástica, às vezes nos remetemos apenas a procedimentos estéticos. Mas ela pode significar muito mais que isso para centenas de pessoas!

É legal saber que o governo possibilita a oportunidade de que pessoas que não tem condições e realmente necessitam possam melhorar sua qualidade de vida e bem-estar, não é mesmo?

Gostou do conteúdo de hoje sobre as cirurgias plásticas disponíveis no SUS e como realiza-las? Comente logo abaixo suas dúvidas que poderemos te ajudar!



Imprimir

 




Portal Alto Tietê

 

 

O portal Alto tietê se destaca entre os sites da região por possuir além do mais completo guia de Compras e Serviço, conteúdo referente a diversos assuntos.


E-mail:portal@portalaltotiete.com.br

Menu

E-mail

  • Redação: redacao@portalaltotiete.com.br
  • Financeiro:financeiro@portalaltotiete.com.br
  • Emprego:emprego@portalaltotiete.com.br
  • Jornalista Responsável: Ana Nery
  • ananery@portalaltotiete.com.br